Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 25 Junho |
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Fenômeno natural raro pode explicar a sarça ardente da Bíblia

Pascal Deloche | Godong

J-P Mauro - publicado em 04/01/22

O reflexo da luz solar em uma montanha perto do deserto de Negev tem levado especialistas a acreditar que o local é o verdadeiro Monte Sinai

Um fenômeno raro observado pela primeira vez em 2003 está chamando a atenção por ser uma possível explicação para a sarça ardente da Bíblia. A sarça foi o meio pelo qual Deus se comunicou com Moisés, conforme o livro de Êxodo. O fenômeno envolve uma luz ígnea emanando das rochas. Ela só pode ser vista em determinado ângulo, na hora e no dia certos do ano.

Na bíblia, a sarça ardente (um arbusto ardente em chamas) foi o local no Monte Sinai onde Moisés foi convocado para levar os israelitas do Egito à Canaã.

De fato, a real localização do Monte Sinai bíblico tem sido objeto de debate entre especialistas há muito tempo. Muitos acreditam que seja o Monte Karkom, no sudoeste do deserto de Negev. Foi lá que um guia israelense testemunhou o fenômeno em 2003. 

O New York Times relata que o guia visitou o local perto do solstício de inverno. Com o sol baixo no céu, sua luz começou a refletir nas encostas das montanhas. O NYT descreve o que o guia viu: 

“Ao meio-dia, com o sol baixo no céu em um dos dias mais curtos do ano, ele espiou através de uma ravina profunda e avistou uma estranha aura de luz, tremeluzindo como chamas, emanando de um ponto em uma rocha íngreme.”

A mídia israelense rapidamente começou a associar essa mística luz de fogo com a sarça ardente da Bíblia. Foi sugerido que esse fenômeno poderia ter inspirado a narrativa do livro de Êxodo ou que Moisés tenha visto uma luz semelhante, apenas refletida em um arbusto.

Não está claro se essa luz ígnea foi o ímpeto para a narrativa bíblica ou se os olhos de Moisés foram atraídos para um arbusto brilhante. O professor Israel Finkelstein, que publicou artigos sobre o assunto, observa que os locais em torno de Karkom datam de cerca do terceiro milênio a.C, enquanto o Êxodo, como é geralmente aceito, teria ocorrido em meados do segundo milênio a.C. Errando por excesso de cautela, ele sugere que “talvez seja mais seguro não especular”.

Embora a aura de luz que pode ser vista seja um fenômeno emocionante, dificilmente é uma evidência forte para legitimar a localização do Monte Sinai. Existem, no entanto, outros fatores que sugerem que o Monte Karkom pode ser o verdadeiro Monte Sinai. Desenhos de pedra antigos que datam dos eventos do Êxodo foram descobertos na área. Alguns se assemelham às tábuas dos Dez Mandamentos. 

O Monte Karkom também hospeda um local no qual os arqueólogos identificaram um altar de sacrifício cercado pelos restos de doze pilares. Alguns sugerem que os pilares de pedra podem corresponder a Êxodo 24, quando Moisés ergueu uma dúzia de pilares para representar as tribos de Israel. 

Tags:
Bíblia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia