Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 25 Junho |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Como lidar com o sentimento de culpa por não estar perto de alguém amado na hora da morte

sentimento de culpa na hora da morte de alguém querido

TATJANA SPLICHAL | DRUŽINA

O São Paulo - Reportagem local - publicado em 17/02/22

O pe. Cido Pereira responde a essa dolorosa questão que tem pesado sobre tantas pessoas, em especial nesta pandemia

O sentimento de culpa por não estar perto de alguém amado na hora da morte tem pesado sobre muitas pessoas – em especial nesta longa pandemia de covid-19, mas também em todas as épocas e lugares.

Foi este o assunto abordado nesta semana pelo pe. Cido Pereira em sua coluna de perguntas e respostas no portal O São Paulo, da arquidiocese paulistana. Ele recebeu uma mensagem da leitora Madalena, que lhe contou ter sido sempre companheira cuidadosa da mãe. No entanto, quando a mãe faleceu, há seis anos, Madalena morava em outra cidade e não conseguiu chegar a tempo de vê-la, um fato que a perturba muito. “Como se livrar desse sentimento?”, indaga ela.

Eis o que o pe. Cido respondeu:

“Madalena, Madalena: não se preocupe tanto com isso. Você sempre foi uma boa filha e não deixou de ser quando mudou para o interior. Sua mãe adoeceu. A vida é assim. Você certamente com o coração nas mãos veio correndo, mas não deu tempo de ver sua mãe com vida. Paciência, minha querida. A vida tem surpresas bonitas e surpresas tristes. Não há muito sentido em você alimentar no seu coração um sentimento de culpa. Toque em paz a sua vida. Agradeça a Deus a maravilhosa mãe que você teve. E ore por ela. Eu tenho absoluta certeza de que, lá, junto de Deus, sua querida mãe intercede por você”.

O sacerdote finalizou:

“Sabe, minha irmã, quando minha querida mãe faleceu, o querido Dom Paulo Evaristo Arns foi rezar conosco no velório. Eu me lembro, emocionado, das palavras dele naquele momento: ‘Vocês, filhos e netos, agradeçam a Deus, porque ganharam uma intercessora no céu’. É o que eu digo a você e a seus familiares: ‘Deem graças a Deus pela mãe de vocês que está agora junto de Deus!'”.

Tags:
FamíliaMortetristeza
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia