Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 25 Junho |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

São Vítor, o primeiro Papa africano da história da Igreja

São Vítor, primeiro Papa africano

Anna reg, CC BY-SA 3.0 AT via Wikimedia Commons

Francisco Vêneto - publicado em 21/02/22

Algumas das definições litúrgicas mais relevantes da história da Igreja foram impulsionadas por ele

São Vítor foi o 14º Papa da história da Igreja e o primeiro Papa africano. Nascido na província romana que corresponde à atual Tunísia, no Norte da África, ele viveu, aproximadamente, entre os anos de 155 e 199, tornando-se bispo de Roma durante a sua última década de vida.

O primeiro pontificado africano da Igreja foi marcado por definições importantes na liturgia, referentes, por exemplo, ao idioma da celebração, ao rito do batismo e à celebração da Páscoa cristã.

LATIM | São Vítor determinou o uso do latim em vez do grego na Santa Missa, o que favoreceu grandemente o crescimento do cristianismo no meio romano.

ÁGUA DO BATISMO | Em relação ao batismo, ele estabeleceu que, em caso de indisponibilidade de água benta, poderia ser utilizada qualquer água para o rito batismal, o que também facilitou a expansão do cristianismo ao simplificar o acesso dos recém-convertidos ao primeiro sacramento da iniciação cristã.

PÁSCOA | Quanto à celebração da Páscoa, São Vítor determinou que sempre fosse celebrada num domingo, para enfatizar que se celebra nessa ocasião a ressurreição de Cristo, distinguindo assim a Páscoa cristã, de modo claro e definitivo, da Páscoa judaica.

DOMINGO | Por isso mesmo, foi o primeiro Papa africano quem oficializou o domingo como o dia mais importante da semana cristã, diferenciando-a do judaísmo, que guarda o sábado.

Essas relevantes mudanças implementadas pelo Papa São Vítor ainda precisariam de bastante tempo para serem formalmente institucionalizadas pela Igreja, o que só viria a ocorrer no primeiro Concílio de Niceia, no ano de 325. Nos primeiros tempos da Igreja, era natural que houvesse muitas e veementes discordâncias entre os bispos no tocante a oficializar a doutrina cristã e adotar mudanças significativas em relação a costumes já relativamente enraizados, muitos deles herdados do judaísmo.

De fato, o primeiro Papa africano também precisou combater erros doutrinais que começavam a se expandir perigosamente. Uma das heresias influentes na época era o adocionismo, segundo o qual Jesus Cristo não era filho de Deus, mas um homem puríssimo e superior aos outros, adotado por Ele como seu filho.

Segundo uma tradição que nunca pôde ser comprovada, São Vítor teria morrido martirizado em decorrência da perseguição movida pelo imperador romano Septímio Severo.

Tags:
ÁfricaHistória da IgrejaIgreja CatólicaPapa
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia