Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Janeiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Refugiados ucranianos passam uma noite na presença de Jesus em estação ferroviária na Polônia

Na dworcu we Wrocławiu uchodźcy spali pod monstrancją

fot. Agnieszka Bugała

Reportagem local - publicado em 17/03/22 - atualizado em 28/06/22

Uma capela de adoração na estação em Wrocław, Polónia, tornou-se um quarto quente para refugiados cansados e aterrorizados

A Capela da Adoração Eucarística de Santa Catarina de Alexandria na estação ferroviária central em Wrocław, Polónia, foi convertida durante uma noite em quartos quentes para os refugiados da Ucrânia.

“Esta foi uma situação excepcional e os voluntários que cuidam dos ucranianos que chegam a Wrocław e lhes oferecem abrigo seguro tiveram de abrir a porta da capela da adoração perpétua. Como não havia padre à noite e o Santíssimo Sacramento ficou exposto, as pessoas cansadas passaram a noite na presença do Senhor Jesus”, diz o Pe. Jan Kleszcz, capelão dos trabalhadores ferroviários que teve a ideia de uma capela de adoração eucarística perpétua.

Abrigo temporário numa estação de trem

Agora os refugiados exaustos já não dormem na capela, mas muitos passam por lá durante o dia para rezar. Em vez disso, os corredores e o átrio, onde se encontra a entrada da capela e o salão, estão cheios de colchões e camas de campismo.

Durante o dia muitas das camas são dobradas para permitir a passagem, mas à noite o chão é novamente forrado com colchões de acampamento. O primeiro andar da estação ferroviária tem aquecimento; o edifício acabou de ser submetido a uma grande remodelação e os corredores superiores têm pavimentos de madeira.

O histórico salão e as salas adjacentes foram divididas em pequenos cubículos, cada um ocupado por mães e seus filhos. Ninguém sabe por quanto tempo o campo temporário continuará a funcionar na estação de Wrocław, especialmente porque nem todos os refugiados querem partir. Muitos não têm intenção de permanecer na Polónia e não querem instalar-se. Estão à espera que a guerra termine em breve e, uma vez terminada, querem regressar a casa.

Um lugar sagrado onde se pode sentar na presença de Deus e chorar

Cerca de 10.000 refugiados da Ucrânia são recebidos diariamente na estação ferroviária Wrocław. Cerca de 500 passam a noite no primeiro andar do edifício em locais preparados por voluntários e assistentes sociais. Eles poderão permanecer na capela mais uma vez, caso seja necessário?

O Pe. Jan responde: “Os voluntários têm o meu telefone e se me telefonarem, venho transferir o Santíssimo Sacramento para o tabernáculo. Em caso de necessidade, a capela pode ser usada como abrigo para as pessoas descansarem um pouco, é óbvio”.

“Contudo, não podemos designá-la como um local de alojamento permanente. Não é que não sejamos hospitaleiros! Deus nos livre! Vemos, contudo, que uma capela é tão necessária neste drama de guerra e êxodo humano; as pessoas precisam de um lugar santo onde se possam sentar na presença de Deus e chorar… Não se pode fazer isto num átrio ou numa mesa de café. Queremos oferecer a estas pessoas angustiadas um pequeno espaço para um encontro pessoal com Deus. Agora podemos ver claramente que uma capela de adoração perpétua é urgentemente necessária numa estação ferroviária”, acrescenta o Pe. Jan.

Tags:
GuerraRefugiadosUcrânia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!