Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 15 Agosto |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Um conselho do Papa para começar bem o mês: “não sejam reféns do celular”

Reféns do celular

Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 01/08/22

"Não pense que os grandes sonhos da vida são céus inatingíveis. Você foi feito para voar, abraçar a coragem da verdade e promover a beleza da justiça"

O Papa Francisco deu um bom conselho para começarmos bem o mês de agosto: “não sejam reféns do celular”. O conselho não teve relação direta com o início de um novo mês, mas certamente é muito proveitoso usá-lo como propósito para mudar a rotina daqui em diante, começando já no primeiro dia deste novo período.

Francisco tocou no assunto em sua despedida do Canadá, na última sexta-feira, 29 de julho. Ele conversava com um grupo de jovens e idosos que se reuniram para um encontro com o Papa no pátio da escola primária de Iqaluit, a pequena capital do vasto território de Nunavut, predominantemente habitado pelos inuítes, que, antigamente, eram mais conhecidos como esquimós.

No encontro, Francisco exortou os jovens a não serem “reféns de um celular”, passando os dias “isolados”, mas sim, em vez disso, a “fazerem grupo” e “estarem em movimento”, caminhando “para o alto”. O pontífice destacou a importância do “espírito de equipe”, indispensável “para enfrentar as circunstâncias imprevisíveis de jogo”:

“Fazer equipe significa acreditar que, para alcançar grandes objetivos, não pode ir sozinhos; precisamos nos mover em conjunto, ter a paciência de tecer densas redes de passagens. E significa também deixar espaço para os outros, sair rapidamente quando for a nossa vez e apoiar os companheiros. Este é o espírito de equipe”.

O tema central do encontro com o Papa foi a reconciliação, após os “grandes sofrimentos” vividos pelos ex-alunos das escolas residenciais para indígenas no Canadá, bem como pelas suas famílias, das quais foram separados forçosamente.

“Quero falar a vocês do grande pesar que sinto e desejo pedir perdão pelo mal que foi cometido por não poucos católicos, que, naquelas escolas, contribuíram para as políticas de assimilação cultural”.

O Papa incentivou os jovens a não terem medo de “ouvir os conselhos dos mais idosos” e “abraçar a sua história para escrever novas páginas”.

“Você vive nestas vastas regiões do Norte. Que elas lhe recordem a sua vocação de tender para o alto, sem se deixar arrastar no chão por quem pretende fazê-lo crer que é melhor você pensar só em si mesmo e usar o tempo só para as suas diversões e interesses. Não pense que os grandes sonhos da vida são céus inatingíveis. Você foi feito para voar, abraçar a coragem da verdade e promover a beleza da justiça. Nunca perca a esperança. Lute, dê tudo por tudo e você não se arrependerá (…) Você existe para vir à luz todos os dias. Não só no dia do seu nascimento, mas todos os dias (…)

Amigos, caminhem para o alto, venham à luz todos os dias, façam equipe! E façam tudo isso na sua cultura. Faço votos de que, escutando os idosos e bebendo da riqueza das suas tradições e da sua liberdade, vocês possam abraçar o Evangelho guardado e transmitido pelos seus antepassados e encontrar o rosto inuk de Jesus Cristo. De coração os abençoo e lhes digo: qujannamiik [obrigado]!”.

Tags:
ComunicaçãoJovensPapa FranciscoValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia