Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 15 Agosto |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

14 fatos impactantes sobre o padre santo que intercede por todos os padres

Padre santo: o Cura d'Ars lutou contra o demônio

Fred de Noyelle, Julian Kumar / GODONG

Francisco Vêneto - publicado em 04/08/22

Por se tratar do dia do padroeiro dos sacerdotes e de um grande modelo de vida sacerdotal, 4 de agosto é também o próprio Dia do Padre

Em 4 de agosto, a Igreja celebra a festa do padre santo que intercede por todos os padres: São João Maria Vianney, padroeiro dos sacerdotes, popularmente conhecido como o Cura D’Ars: Ars porque é o nome do povoado francês onde ele foi pároco durante muitos anos, e “cura” porque é o termo com que antigamente eram chamados os padres (em espanhol, aliás, é comum usar o termo até hoje).

Por se tratar do dia do padroeiro dos sacerdotes e de um grande modelo de vida sacerdotal, 4 de agosto é também o próprio Dia do Padre.

Conheça ou recorde 14 fatos sobre o Santo Cura d’Ars – vários deles, aliás, poderosamente impactantes.

1 | NOME | Chamava-se João Maria Batista Vianney.

2 | DATAS | Algumas datas emblemáticas:

  • Nasceu em Dardilly em 8 de maio de 1786
  • Foi ordenado sacerdote no dia 13 de agosto de 1815
  • Morreu em 4 de agosto de 1859
  • Foi beatificado em 8 de janeiro de 1905
  • Foi canonizado em 31 de maio de 1925
  • Foi nomeado padroeiro dos párocos em 23 de abril de 1928
  • O Papa Bento XVI estendeu o título a padroeiro de todos os sacerdotes
  • Sua festa litúrgica é celebrada em 4 de agosto, data da sua partida para a eternidade.

3 | “BURRO” | Filho de camponeses, sentiu-se chamado ao sacerdócio ainda bem jovem – mas foi impedido de ir à escola por causa da Revolução Francesa. Quando finalmente foi matriculado na escola local, era o mais velho da classe e sofria muito com os estudos, o que o estigmatizou como “ignorante”, para usar um termo brando. Na verdade, era chamado de “burro”, mesmo.

4 | QUASE VETADO | Autorizado a entrar no seminário, foi considerado intelectualmente “muito lento” e, portanto, não apto para ser ordenado. No entanto, deu uma resposta genial sobre isto ao reitor. Confira:

5 | SANTIDADE CLAMOROSA | Embora o brilho intelectual não fosse mesmo o seu forte, a sua santidade de vida era tamanha que compensava abundantemente qualquer carência acadêmica. Ele se tornou nada menos que um dos mais santos e extraordinários párocos já conhecidos em toda a história da Igreja.

6 | CATEQUISTA | Suas dificuldades nos estudos não o impediram de ensinar o Catecismo às crianças com maestria.

7 | CONFESSOR | É reconhecido como um grande confessor, chegando a passar horas e horas seguidas no confessionário – e era ministrando o sacramento da reconciliação que mais conquistava almas para Deus.

8 | COMBATE AO VÍCIO | Combateu vigorosamente o costume dos homens de passar os domingos nas tabernas porque esse vício rompia a harmonia familiar. Chamava a taberna de “tenda do demônio”. De tanto exortar contra esse hábito, conseguiu que a taberna local fosse fechada e a população dedicasse mais tempo à família e a Deus.

9 | PROFECIA | Tinha o dom de profecia.

10 | NOSSA SENHORA | Amava profundamente a Santíssima Virgem Maria e consagrou a ela a sua paróquia.

11 | DEMÔNIO | O demônio o perseguia inclusive com ataques físicos. Em um dos episódios relatados, o demônio sacudiu a sua casa durante 15 minutos; em outro, incendiou a sua cama durante a Missa para tentar interromper a celebração, mas o pároco priorizou a Santa Missa e mandou outras pessoas apagarem o fogo.

12 | DESAPEGO | Era tão desapegado de bens materiais que dormia no chão do quarto porque tinha doado a própria cama. Comia basicamente batatas, que eram o alimento mais barato e comum da região, e, de vez em quando, um ovo cozido. Dizia que “o demônio não tem tanto medo da disciplina, mas tem muito medo da redução de comida, bebida e sono”.

13 | GRANDE FAMA EM VIDA | Sua fama de santidade cresceu a tal ponto que milhares de fiéis vinham de outras partes da França para se confessar com ele.

14 | PERSEGUIÇÃO | Por outro lado, essa mesma fama também lhe rendeu muita perseguição de quem não gostava da sua pregação e dedicação ao confessionário. Houve até paroquianos e mesmo outros clérigos que tentaram “cancelá-lo“, agindo para que ele perdesse o cargo de pároco.

Tags:
História da IgrejaPadresSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia