Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 03 Fevereiro |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Padre cuja mãe está em processo de beatificação é nomeado bispo

Dolors Massot - publicado em 12/10/22

Sem dúvida, com o anúncio da sua nomeação como bispo auxiliar, a memória da sua mãe estará muito presente

“Não é necessário estudar muito para amar a Deus e a todos os que nos cercam de uma forma excelente.”

Estas são as palavras do padre José María Avendaño, que o Papa Francisco nomeou em Setembro passado para ser o bispo auxiliar de Getafe (Espanha) com a idade de 65 anos. Avendaño foi até agora o vigário geral e vigário do clero dessa diocese. É um homem muito amado pelo povo.

Acontece que o novo bispo (em breve a ser ordenado) tem uma história familiar de grande proximidade com Deus: a sua mãe, Jorja Perea, está em processo de canonização. As palavras de abertura deste artigo foram escritas pelo seu filho sacerdote no livro “La fe es sencilla” (“A fé é simples”), e ele tinha conhecimento em primeira mão de quem e do que estava a falar.

Jorja Perea era uma dona-de-casa de uma família simples e com pouca educação, mas que demonstrou virtudes cristãs em todo o seu esplendor na sua vida como esposa e mãe. Ela é um exemplo do povo que o Papa Francisco gosta de chamar os “santos do lado”. São pessoas leigas que viveram, e vivem hoje, como os primeiros cristãos e que nos fazem sentir a vitalidade da Igreja.

As pessoas podem ser santos no meio do mundo, nas suas tarefas e atividades habituais. Santa Teresa d’Ávila disse, com propriedade, que “o Senhor também caminha entre as panelas e tachos” (Fundações 5, 8).

Podemos ver Jorja Perea em fotografias e vídeos do final do século XX e início do século XXI. Vemo-la a sorrir, a fazer tarefas domésticas, e a carregar a sua velhice com serenidade. Ouvimo-la cantar um hino à Eucaristia, “Bendito seja o Santíssimo Sacramento do altar …” uma canção muito típica da devoção popular na Espanha.

“A minha mãe tinha uma vida de dedicação a Deus, à Igreja e aos outros, especialmente aos doentes e necessitados com quem partilhava tudo o que tinha”, diz José María Avendaño, falando da sua mãe.

Neste vídeo vemos a sua partilha de momentos familiares com o seu filho José María:

Jorja nasceu em 1928, numa aldeia de La Mancha, e ficou imediatamente órfã devido à morte do seu pai e da sua mãe. Quando criança, trabalhou nos campos. Casou com o seu marido Cándido aos 25 anos de idade, e cinco filhos nasceram do seu casamento. Um deles é José María Avendaño Perea.

“Falar bem de Deus”

Um dos lemas que guiou o caminho de Jorja foi: “Fale bem de Deus e faça todo o bem que puder”. Ela encarnou isto de muitas maneiras, lembrado hoje em dia em anedotas de uma vida plena que não atraía a atenção mas iluminava aqueles que compartilhavam a sua vida com ela. É por isso que os testemunhos estão agora a ser recolhidos para a causa da canonização. O fato de ter educado um dos seus filhos para que ele pudesse responder fielmente à sua vocação de sacerdote, e logo que fosse bispo, acrescenta indubitavelmente o mérito desta mãe.

José María, o novo Bispo Auxiliar, nasceu a 25 de Abril de 1957 em Villanueva de Alcardete (Toledo, Espanha).

Estudou para ser professor, especializando-se em matemática, em Toledo (1978) e depois estudou terapia da fala na Universidade Complutense de Madri (1981). É licenciado em teologia pela Pontifícia Universidade de Comillas (1985) e em teologia pastoral prática pela Pontifícia Universidade de Salamanca, no Instituto Superior de Trabalho Pastoral de Madri (2004). Recebeu a ordenação sacerdotal na Arquidiocese de Madri a 14 de Março de 1987. A sua consagração episcopal está agendada para 26 de Novembro deste ano.

Jorja morreu em 2015 devido a um caso de pneumonia que levou a um derrame cerebral. Dentro de um mês, começaram a chegar notícias de favores atribuídos à sua intercessão celestial.

O então bispo auxiliar de Getafe, José Rico Pavés, encorajou o padre José María Avendaño a mostrar ao mundo o exemplo da sua mãe e a recolher testemunhos sobre a sua vida e virtudes. Seis anos mais tarde, em 2021, foi aberta a fase diocesana inicial do processo de canonização.

Hoje, sem dúvida, com o anúncio da sua nomeação como bispo auxiliar, a memória da sua mãe estará muito presente.

Tags:
BisposmãesPadresSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!