Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que significa ser um bom padrinho e uma boa madrinha de Batismo e Crisma?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
BAPTISM

Kzenon | Shutterstock

Cecilia Pigg - publicado em 30/03/23

Ser padrinho ou madrinha significa dar muitos presentes? Apenas muitas orações? Ambos? Algo mais? O que os afilhados esperam dos padrinhos?  

“O que é, de fato, ser um bom padrinho ou uma boa madrinha de Crisma? E como é ser um bom padrinho ou uma boa madrinha de Batismo?”

A questão surgiu recentemente em meu pequeno grupo de mulheres no WhatsApp, enquanto estudávamos os sete sacramentos. Seguiu-se uma discussão animada, com ideias e pensamentos sobre quais são os papéis dos padrinhos.

Ser padrinho ou madrinha significa dar muitos presentes? Apenas muitas orações? Ambos? Algo mais? Que tipo de relacionamento você deve ter com seu afilhado ou sua afilhada? O que os afilhados esperam dos padrinhos?  

A Igreja e os padrinhos

Primeiramente, falamos sobre o que a Igreja ensina sobre o papel dos padrinhos.

Veja o que Catecismo diz sobre os padrinhos de Batismo:

“Para que a graça baptismal possa desenvolver-se, é importante a ajuda dos pais. Esse é também o papel do padrinho ou da madrinha, que devem ser pessoas de fé sólida, capazes e preparados para ajudar o novo batizado, criança ou adulto, no seu caminho de vida cristã.”

CIC, 1255

Portanto, ajudar alguém no caminho da vida cristã é um belo objetivo, mas bastante vago e aberto a interpretações. 

O mesmo se aplica ao que diz o Catecismo sobre os padrinhos do sacramento da Confirmação:

“Tanto para a Confirmação, como para o Batismo, convém que os candidatos procurem a ajuda espiritual dum padrinho ou de uma madrinha.

CIC, 1311

Experiências reais “com” e “como” padrinhos e madrinhas

Em seguida, discutimos como têm sido nossas experiências reais de sermos ou termos padrinhos e madrinhas. 

Uma amiga disse que apreciava o fato de seus padrinhos sempre lhe enviarem cartões. Ela não os via com frequência, pois eles moravam longe, mas ficava animada para abrir a correspondência deles no Natal ou no aniversário. 

Outra amiga disse que, quando ela atingiu o início da adolescência, começou a se afastar da fé e de seus pais. Sua madrinha (irmã de sua mãe) soube disso e a convidou para passar o verão em sua casa em outro estado, fazendo trabalho voluntário e morando com sua família. Essa experiência mudou a vida de minha amiga.

Várias mulheres lamentaram o fato de seus padrinhos ou madrinhas de Crisma não se considerarem mais católicos. 

Um casal que conheço faz questão de pagar o máximo de despesas que puderem relacionadas à educação religiosa de seu afilhado.

Outro amigo leva seu padrinho de Crisma para jantar e bater papo algumas vezes por ano. 

O papel dos padrinhos e madrinhas

Enfim, todos nós refletimos sobre o papel silencioso que nossos padrinhos e nossas madrinhas desempenharam em nossas vidas. Quem sabe de que maneira suas orações e sacrifícios nos ajudaram? A maioria de nós nunca verá o efeito direto de nossas orações na vida de nossos afilhados. Mas essas preces (combinadas com o exemplo de nossas vidas) são, certamente, a ajuda mais eficaz que podemos dar.

Outra ajuda eficaz na vida cristã, com base nas histórias de todos, seria o afilhado ter algum relacionamento com os padrinhos e as madrinhas. Ou seja: sentir, de fato, amado ou apoiado por eles.  

Em sua sabedoria, a Igreja deixa aberto ao nosso discernimento e às circunstâncias particulares quando se trata de ajudar aqueles que apadrinhamos a viver uma vida cristã. 

Vinde, Espírito Santo, e mostrai-nos o que fazer!  

baby at baptism with godparents
Sentir-se apoiado pelos padrinhos é o que um afilhado mais quer!

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos

Tags:
BatismoCatecismoSacramentos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia