Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Cantor Cristiano dá forte testemunho de fé após filho nascer com doença rara

Cantor sertanejo Cristiano, a esposa e o filho recém-nascido

Instagram / @crisznec

Ricardo Sanches - publicado em 05/06/23

"Você despertou toda a fé que havia sido enfraquecida no meu coração", publicou o cantor sertanejo, referindo-se ao filho, que foi consagrado a São Miguel Arcanjo

O cantor Cristiano, da dupla com Zé Neto, utilizou as redes sociais para anunciar o nascimento do Miguel, o seu terceiro filho com a influenciadora digital Paula Vaccari.

O sertanejo comunicou também que o bebê, ainda durante a gestação, foi diagnosticado com a tetralogia de Fallot, uma doença congênita caracterizada por malformações no músculo do coração, na aorta e na valva pulmonar. A doença, que atinge cerca de um em cada 3.600 bebês, prejudica a circulação do sangue pelo corpo. O tratamento, na maioria dos casos, é através de cirurgia.

O artista revelou que teve medo do diagnóstico, mas que se manteve forte graças à fé: “O medo dominou meu corpo, mente e alma. Pensar na possibilidade de perder meu filho… Chorei muitas noites sozinho, só eu e Deus. Eu tinha que ser forte e estar forte e passar segurança a minha esposa, minha família. Mas sabe de onde veio tanta força? De Deus… da confiança plena nele”.

Devoção a São Miguel

Cristiano atribui à intercessão de São Miguel o bom desenvolvimento do bebê, que recebeu o nome em honra ao “príncipe da milícia celeste”: “Deus colocou São Miguel Arcanjo nas nossas vidas pra proclamar sua glória, e desde o início Deus disse que estaria cuidando do Miguel. ‘Seu filho é problema meu’ restaure sua fé, e esteja forte, que dele eu cuido”, publicou o artista.

E como não acreditar na intercessão do arcanjo? Contrariando as previsões dos especialistas, Miguel ficou menos de 48 horas na UTI após o nascimento; os médicos esperavam que ele teria de ficar sob cuidados intensivos de cinco a sete dias. “Mas ‘quem como Deus’, não é mesmo? Miguel está bem, acaba de ter alta da UTI”, comemorou o pai.

O despertar da fé

O sertanejo ainda revelou que a expectativa da chegada do filho renovou a sua fé. “Você despertou toda a fé que havia sido enfraquecida no meu coração, sua vida é um privilégio pra nós!”, escreveu o cantor.

Uma fé que encontrou as bases na família e, principalmente, na esposa, a quem o segunda voz fez questão de agradecer: “Ana Paula, eu te agradeço, por ter me ajudado a restaurar minha fé. Deus te usou muito, usou sua fé, você foi fundamental, é intercessora dessa história, nos fortalecemos juntos, admiro sua fé”.

View this post on Instagram

A post shared by Cristiano (@crisznec)

“Juntos até o céu”

O cantor também lembrou que o pequeno guerreiro ainda tem muitas batalhas pela frente, mas que sempre poderá contar o com o apoio da família: “Miguel tem cardiopatia congênita, ainda vai passar por uma cirurgia pra corrigir seu coraçãozinho. Mas quer saber?! Já deu tudo certo, Jesus está no barco (…) Nunca se esqueça, você é filho amado de Deus, consagrado ao poderoso São Miguel Arcanjo, seu protetor, aquele que Deus me enviou pra dizer que tudo ficará bem! (…) Sua família está aqui com você, por todo o sempre, juntos até o céu. Miguel, quem como Deus? NINGUÉM COMO DEUS”, finalizou o artista.

Tags:
BebêsCelebridadesDoençaFamíliaFilhos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia