Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O alerta de Bento XVI aos pais sobre o vício em mídia

SOCIAL MEDIA

Phoenixns - Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 16/06/23

O Papa Bento avisou que a "invasão da mídia" na vida dos pais é um obstáculo para que as crianças entendam a paternidade

É extremamente comum na cultura de hoje ver uma pequena e simpática família sentada à mesa de jantar, mas totalmente distraída com os seus smartphones. Cada membro da família está no seu próprio mundo, absorto na tela diante de seus olhos.

Esta cena pode até parecer “normal” na vida contemporânea, mas o Papa Bento XVI viu nesse fenômeno social um obstáculo para a nossa compreensão da paternidade.

Ele explicou seus pensamentos durante uma audiência geral em 2013:

“Hoje, nem sempre é fácil falar de paternidade. Sobretudo no mundo ocidental, as famílias desagregadas, os compromissos de trabalho cada vez mais exigentes, as preocupações e muitas vezes a dificuldade de adaptar os balanços familiares e a invasão distraída dos mass media no interior da vida quotidiana são alguns dos numerosos factores que podem impedir uma relação tranquila e construtiva entre pais e filhos”.

A razão pela qual a mídia pode impactar a visão que uma criança desenvolve sobre a paternidade é que, muitas vezes, o que ela vê na própria casa é um pai distante e pouco envolvido com os filhos no dia-a-dia.

“Na ausência de um modelo de referência adequado, é difícil também imaginar Deus como um Pai. Para quantos fizeram a experiência de um pai demasiado autoritário e inflexível, ou indiferente e pouco carinhoso ou até mesmo ausente, não é fácil pensar com serenidade em Deus como Pai e abandonar-se a Ele com confiança”.

No atual mundo viciado em mídia, é possível achar-se fisicamente presente na mesma sala em que estão os filhos, mas, ao mesmo tempo, estar totalmente ausente.

Embora a tecnologia nos ofereça muitos benefícios e possa nos conectar com pessoas do mundo todo, ela também pode muitas vezes nos distrair da nossa própria família em plena mesa de jantar.

Tags:
EducaçãoFamíliaFilhospaisRedes sociais
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia