Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Direto do confessionário: por que a compaixão é desgastante?

GIRL, CONFESSION

Pascal Deloche | Godong

Pe. Taylor Colwell - publicado em 30/08/23

Ouvir confissões, com todas as suas particularidades teológicas e pastorais, é também um exercício de ampla experiência humana de compaixão

Uma mudança importante na vida de um padre recém-ordenado é começar a ouvir confissões. Embora o tempo gasto no confessionário possa variar de uma a várias horas por semana, mesmo apenas uma hora dedicada ao ofício pode ser bastante desgastante, especialmente no início. Mesmo assim, é um grande exercício de compaixão.

É um privilégio e uma graça singular oferecer o sacramento. Já testemunhei muitas confissões comoventes e profundamente edificantes no meu curto período como sacerdote. Ao mesmo tempo, é realmente desgastante. Muitas vezes saio com uma leve dor de cabeça e uma sensação de tensão física geral. 

Mas por que ouvir confissões pode deixar um padre tão exausto? Um fator é, certamente, o foco necessário para ouvir com precisão as informações sensíveis e importantes transmitidas por outra pessoa sobre sua vida mais íntima. Outro ponto é a expectativa de que o sacerdote dirija algumas palavras de conselho úteis ao penitente, embora estas devam ser breves e modestas.    

A verdadeira razão, a meu ver, é o esforço do coração, da mente e da alma que ocorre quando compartilhamos dos fardos de outra pessoa. Sempre que nos permitimos participar das lutas dos outros, ouvindo atentamente e expressando a nossa compaixão, isso tem um certo preço. Tal compaixão significa abrir-nos para receber o fardo do outro como se fosse nosso. 

Isso acontece muitas vezes nas relações com familiares e amigos próximos, aqueles que recorrem a nós quando estão em dificuldades. Também pode acontecer que conhecidos ou mesmo estranhos nos procurem num momento de vulnerabilidade, quando a sua luta se torna evidente. Sempre que isso ocorre há um preço a ser pago, porque permitir que outra pessoa transfira o fardo para os nossos ombros faz com que esse fardo seja nosso também. Não é mais apenas um problema “deles”. 

Embora o papel do confessor seja principalmente teológico e sacramental, também é humano. O sacerdote atua como representante de Jesus, recebendo os pecados do penitente e concedendo o perdão do Senhor — mas só pode fazê-lo como homem. Em cada confissão, há um homem sentado do outro lado da tela, que se abriu a todos e concordou em assumir seus fardos, mesmo que apenas por alguns momentos.

Ouvir confissões, com todas as suas particularidades teológicas e pastorais, é também um exercício de ampla experiência humana de compaixão. 

Não tenha medo de continuar se abrindo à compaixão. Embora possa ser desgastante, é uma parte essencial de uma vida plenamente humana e cristã.

Tags:
compaixãoConfissãoPadres
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia