Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 22 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Observador da Santa Sé na ONU: “Aborto é ilegítimo em qualquer caso”

Dom Ettore Balestrero

DonPaolo I CC BY-SA 3.0

Dom Ettore Balestrero

Francisco Vêneto - publicado em 18/09/23

"Os direitos humanos não são simplesmente um privilégio concedido aos indivíduos por consenso da comunidade internacional"

O observador permanente da Santa Sé junto às Nações Unidas em Genebra, na Suíça, dom Ettore Balestrero, reafirmou que o aborto é ilegítimo em qualquer caso, inclusive quando “uma maioria de indivíduos ou Estados” tente legitimá-lo. Dom Ettore declarou:

“Os direitos humanos não são simplesmente um privilégio concedido aos indivíduos por consenso da comunidade internacional”.

Em vez disso, trata-se de “valores objetivos e atemporais que são essenciais para o desenvolvimento da pessoa humana”. Ele o recordou durante discurso aos membros do 54º Conselho de Direitos Humanos, no último dia 13 de setembro, acrescentando que, mesmo que uma maioria ignore algum direito da Declaração Universal, esse direito continua válido apesar de desrespeitado.

Já os alegados “novos direitos”, entre os quais estaria o aborto, dom Ettore enfatizou que eles não se tornam legítimos “só porque a maioria dos indivíduos ou dos Estados os afirme”. E recordou a tragédia das “aproximadamente 73 milhões de vidas humanas inocentes que são interrompidas todos os anos no útero materno sob o pretexto de um suposto ‘direito ao aborto'” – que, naturalmente, não existe.

Transcorridos 75 anos desde a Declaração Universal dos Direitos Humanos, o representante da Santa Sé registra:

“Muitos de nossos irmãos e irmãs ainda sofrem com guerras, conflitos, fome, preconceito e discriminação. Qualquer pessoa percebida como fraca, pobre ou sem ‘valor’ de acordo com certas normas culturais é ignorada, marginalizada ou até mesmo considerada uma ameaça a ser eliminada. É essencial adotar uma opção preferencial pelos pobres e marginalizados para defender os seus direitos universais e permitir que eles prosperem e contribuam para o bem comum”.

Destacando o chamado do Papa Francisco a “combater a cultura do descarte”, dom Ettore mencinou a encíclica “Fratelli tutti“, em que Francisco denuncia vivamente essa marginalização dos vulneráveis. E exortou a ONU a “viver e ensinar o valor do respeito pelos outros”, recordando que esse amor é “capaz de acolher as diferenças e a prioridade da dignidade de cada ser humano sobre suas ideias, opiniões, práticas e até pecados”.

Tags:
AbortoIdeologiaVaticano
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia