Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Para Ela
separateurCreated with Sketch.

Meu namorado quer ir para o seminário. E agora?

Este artigo é exclusivo para os membros de Aleteia Premium
Seminarista

Gregory Dean | Shutterstock

Yohana Rodríguez - publicado em 22/09/23

Isto pode ser uma surpresa para quem estava justamente pensando em se casar

Nos namoros católicos, pode acontecer que ele ou ela sinta o chamado de Deus a seguir outra vocação que não seja o casamento. E isto pode ser uma surpresa para quem estava justamente pensando em se casar.

Quando o relacionamento se encerra por causa da ida do namorado para o seminário, podem surgir dúvidas e culpas e é importante contar com ajuda para lidar melhor com a situação.

A primeira coisa a se considerar é que se trata do discernimento dele perante Deus. Mas, ainda assim, auxílios humanos podem ser bem-vindos, desde que honestos, imparciais e bem fundamentados.

A redação de Aleteia no México falou do assunto com Rosa Elba López Suro, psicóloga clínica do Centro Integral de Recuperação Familiar. Ela recordou, do ponto de vista da fé:

“Deus é sempre muito generoso. Então, se Ele quer que o meu namorado se santifique dessa forma e eu de outra forma, Ele vai cuidar também de mim”.

Rosa também deu alguns conselhos:

CONVERSE COM UM DIRETOR ESPIRITUAL

Um bom conselheiro para lidar com esta situação é um padre bem formado. Segundo Rosa, “ele pode sugerir e aconselhar o que você deve fazer. O diretor espirutual ajuda nesses processos porque os entende por experiência própria”.

CONVERSE COM UM PSICÓLOGO

Se a notícia é surpreendente e está difícil lidar com a perda, o atendimento psicológico prestado por um profissional qualificado ajuda a encontrar mais clareza e a lidar com os pensamentos e sentimentos que surgem.

CONVERSE COM DEUS

“Se queres o meu namorado como padre, o que queres para mim?”. É válido fazer essas perguntas a Deus. Pode ser uma provação na sua vida, mas é também uma oportunidade para discernir mais a fundo a própria vocação e propósito pessoal, além de reorganizar e aprimorar virtudes que você ainda não tinha trabalhado plenamente. Se você discernir que Deus a confirma na vocação ao matrimônio, dê o melhor de si para viver essa vocação com plenitude.

Para exercitar a sua fé, você pode visitar com mais frequência o Santíssimo Sacramento, participar da Missa, fazer retiros espirituais em que, no silêncio externo, Deus sopra as respostas que o seu coração anseia.

ACEITE A VONTADE DO SENHOR

Este é um momento para crescer no relacionamento com Deus. Ore com mais força e peça de Deus a graça de aceitar a Sua vontade, apesar da dor.

Prepare-se, inclusive, para outras possíveis reviravoltas: o fato de que o seu namorado vá entrar no seminário não garante que ele chegará de fato a ser ordenado, por exemplo. Afinal, ele próprio estará apenas iniciando uma nova fase do seu discernimento vocacional. Deixe isso também nas mãos de Deus e confie nos planos d’Ele.

Lembre-se: Deus sempre nos reserva recompensas inimagináveis quando nos pede um sacrifício.

Este artigo é exclusivo para os membros Aleteia Premium

Já é membro(a)? Por favor,

Grátis! - Sem compromisso
Você pode cancelar a qualquer momento

1.

Acesso ilimitado ao conteúdo Premium de Aleteia

2.

Acesso exclusivo à nossa rede de centenas de mosteiros que irão rezar por suas intenções

3.

Acesso exclusivo ao boletim Direto do Vaticano

4.

Acesso exclusivo à nossa Resenha de Imprensa internacional

5.

Acesso exclusivo à nova área de comentários

6.

Anúncios limitados

Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Apoie o jornalismo que promove os valores católicos
Tags:
NamoroPadresRelacionamentoVocação
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia